sexta-feira, 21 de junho de 2013

Lovecraft: Fear of the Unknown (2008) Dir. Frank H. Woodward



É incrível imaginar como um homem em sua solitude criou uma mitologia de seres jamais imagináveis. O documentário “Lovecraft: Fear of the Unknown” retrata a vida e o método de criação de um dos maiores escritores da literatura fantástica e do horror dos últimos tempos: H.P Lovecraft. Documentário conta com depoimentos de grandes figuras como Guillermo Del Toro, Neil Gaiman dentre outros.

H.P LOVECRAFT

O escritor quando era vivo sempre questionou o valor da sua obra. Porém mal sabia Lovecraft que a fama chegaria  apenas após a sua morte. Sua morte devido a complicações estomacais ocorreu em 1937, quando contava com apenas 46 primaveras. Porém seu legado dantesco com seres indizíveis e universos paralelos revolucionou a literatura fantástica, levando o gênero do horror a um novo patamar. Mesmo após 76 anos de sua morte suas obras continuam atuais, inspirando e criando vida por si só. De Alan Moore ao Neil Gaiman, de Stephen King ao China Miéville, vários escritores, mesmo pelas bordas, foram influenciados pela atmosfera lovecraftiana.

O alcance do autor não ficou restrito apenas nas páginas dos livros. Suas obras se tornaram vivas em outros gêneros de expressão como HQs e bandas consagradas Metallica, o Iron Maiden e o Cradle of Filth. Há também os cineastas, seu principal seguidor Stuart Gordon, seguido de Sam Raimi que beberam da fonte para criar os clássicos Re-Animator e Evil Dead.

Porém um dos melhores filmes inspirados na obra de Lovecraft, o mais fiel ao seu estilo literário, indubitavelmente nomeio o soturno "La Herencia Valdemar (A Herança Valdemar)" do diretor José Luis Alemán, já apresentado aqui no Imemorável. [veja AQUI]

No entanto não podemos comparar os filmes a um décimo da atmosfera contida em suas obra. Caso você nunca tenha lido Lovecraft, leia e sinta a loucura transitar em suas reflexões. Seus escritos caminham por veredas que fogem a razão, tecendo argumentações sobre as ciências ocultas, astronomia, mitologia, ciências biológicas e história antiga. A cada narrativa, sempre em primeira pessoal, é impossível concluir a leitura sem ao menos cogitar: “Como isso pode ocorrer? Não pode ser mentira uma narrativa desta natureza!”

A NATUREZA DOS CONTOS

Meu primeiro contato com Lovecraft foi o conto “A Coisa na soleira da porta”. Manifestava-se diante de meus olhos um universo completamente inexistente que, pouco a pouco, tomava formas e contrastes em uma escrita completamente única. Lovecraft não apenas lhe narra a estória, mas o coloca como cúmplice dos conhecimentos desvelados. Não tive me contive, aprofundei-me ainda mais em suas obras lendo contos como “A Cor que veio do espaço”, “A Maldição de Sanarth”, “Azathot”, “Ex Oblivione”, “O Horror de Dunwich”, “Os Gatos de Ulthar”, “Os fungos de Yuggoth” e o fantástico “O chamado de Cthulhu” percebi que seus contos não se travam de medos cristãos, fantasmas, casa assombradas e coisas do tipo. Seus contos tratam de mistérios além dos tempos memoráveis, sabedoria arcana, seres inimagináveis, cultos pagãos, criaturas adormecidas no leito do tempo, fatos ocultos que ao serem desvelados podem levar a mente humana a loucura. O maior medo do Homem vem do desconhecido que se oculta em si mesmo e se revela através do conhecimento absoluto.

GUILLERMO DEL TORO

Por várias vezes me questionei: “Como um homem sozinho em seu quarto consegue escrever tais coisas?” No fantástico conto “A Música de Erich Zann” é possível ouvir as notas musicas que evocam dimensões ocultas. Em “O chamado de Cthulhu” é impossível não sentir o ar pesado que emana a criatura.

É impossível não ler Lovecraft, conhecer a sua mitologia, suas criaturas oriundas de esferas distantes, de Cthulhu, Azathoth, Shub-Niggurath (meu preferido), Yog-Sothoth a Nyarlathotep e não acreditar que esses seres realmente existem ou existiram. H.P Lovecraft é literalmente o Tolkien da Literatura Fantástica. Apesar de fictício suas criaturas e “evocações” tecem uma semelhança indescritível as práticas da Qabalah, somadas a astrologia e necromancia. Tais detalhes são tão bem arquitetados que fez com que certos grupos realmente acreditassem na existência da religião pagan que adorna os filhos de Lovecraft.

NEIL GAIMAN
Porém o maior feito de todos foi à criação do livro imaginário, a qual, muitos ainda procuram encontrá-lo para adquirir seu conhecimento arcano, o tal “Necronomicon: O livro proibido dos mortos”. A lenda criada por Lovecraft relata que o livro é confeccionado com de pele humana e contém evocações de seres antigos. O livro e sua fantasiosa cosmologia foram criadas para entreter seu grupo de amigos escritores. Lovecraft muitas vezes incentivava que seus amigos acrescentassem algoa idéia, tornado a fábula ainda mais real. As superstições em torno do Necronomicon tomou proporções tão gigantescas que vários charlatões começaram a vender o suposto livro no mercado negro. Porém o ápice foi quando surgiu o boato que  Lovecraft havia roubado o livro de Aleister Crowley para criar todas os seus seres mitológicos. Atualmente é possível encontrar várias versões do Necronomicon. Eu tenho a minha preferida “Necronomicon” de Donald Tyson. Com o surgimento da internet é possível encontrar um número incontáveis de "Necronomicon's", tão fácil quando encontrar pedaços do sudário ou a cruz de Jesus Cristo para comprar. 


O DOCUMENTÁRIO
Com comentário de figuras sagradas da 7ª arte e literatura


O documentário além de ser muito interessante e ágil, retratando a vida, medos e o processo de criação do escritor, ainda conta com o depoimento de várias figuras emblemáticas. Estamos falando de nomes consagrados como Guillermo Del Toro, Neil Gaiman, John Carpenter, Peter Straub, Caitlin R. Kiernan, Ramsey Campbell, Stuart Gordon, S.T. Joshi, Robert M. Price, e Andrew Migliore todos artistas que se inspiraram na literatura criada por Lovecraft em algum momento de suas próprias carreiras. 

O documentário foi lançado apenas no Estado Unidos. Levei cerca de quase dois anos para traduzir e legendar. Espero que apreciem e, sobretudo, comentem. Também deixarei disponível uma coletânea de contos para download, inclusive os mencionados no artigo.

Coletânea de contos H.P Lovecraft [Download]

FICHA TÉCNICA

Direção: Frank H. Woodward
Gênero: Documentário
Origem:EUA
Ano: 2008
Minha nota: 10,0
Trailer:  Assista

DOWNLOAD

Torrent + Legenda em Português (LFTU.rar)

 


Arquivo Único + Legenda em Português
Download direto pelo mega.co.nz
Tamanho: 1.37GB

 

AVISO: Se você curtiu ter achado o filme que tanto procura e ainda curtiu ter uma análise bacana sobre o mesmo, lembre-se. Quando baixar o torrent, não o delete de imediato, deixe compartilhando para que outros tenha a mesma satisfação que você. E comente o artigo, seja aqui ou na página no facebook [Link]. A generosidade agradece.  


0 comentários: